Shalom, amados irmãos e irmãs em Cristo!

Gostaria de encorajá-los, através desta mensagem, a se tornarem mais dedicados ao Senhor Jesus Cristo nestes tempos difíceis. De fato, não é mais necessário demonstrar que os tempos que estamos passando atualmente são difíceis. Como foi dito que “nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis” (2 Timóteo 3:1 NVI), é, portanto, evidente que estamos nos últimos dias.

Atualmente, o mundo está passando por uma crise de saúde sem precedentes. E essa crise tem repercussões em todas as áreas da vida. Vemos movimentos  sendo estritamente limitados e até proibidos na maioria dos países, e pessoas sendo obrigadas a ficar confinadas em casa. Escolas e universidades estão fechadas. A vida social está restrita. A economia global está entrando em colapso. Pior ainda, as portas dos edifícios das igrejas estão fechadas, comprometendo assim a fé dos ‘cristãos instáveis’ (e Deus sabe que existem muitos em nossas igrejas!).

Em suma, o inimigo está liberado para perturbar o mundo inteiro. Quem haveria pensado, na noite de 31 de dezembro de 2019, que o mundo experimentaria esse caos nos três meses seguintes? De qualquer forma, pessoalmente, eu não teria imaginado isso.

No entanto, como cristãos, tudo isso não deve nos surpreender, uma vez que essas coisas foram preditas muitas vezes na Bíblia, pelas bocas de muitos, incluindo a do próprio Senhor Jesus Cristo, bem como as dos apóstolos.

Em tempos como esses, o cristão não pode se dar ao luxo de permanecer insensível ou indiferente. Nem pode continuar vivendo como se nada estivesse acontecendo, correr atrás de seus próprios projetos ou perseguir seus interesses pessoais. Não! Fazer isso seria não apenas criminoso, mas também suicida.

É o momento, mais do que nunca, de levantarmos, de finalmente despertarmos do nosso sono individual e coletivo. Em Efésios 5:14 (NVI), Paulo recorda as palavras do profeta Isaías: “Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos e Cristo resplandecerá sobre ti”.

Está na hora, de fato, de cada um de nós e de toda a igreja se levantar para assumir nossa própria responsabilidade nestes tempos do fim. Cuidamos bastante de nós mesmos, deixando de lado o mandamento do Senhor. Reunimos tesouros suficientes nesta terra quando fomos chamados para reuni-los no céu, onde nenhuma ruína pode alcançá-los. Já corremos o suficiente atrás de coisas que não têm valor eterno. Construímos magníficos edifícios suficientes para nós mesmos, grandes templos terrenos dos quais nos orgulhamos, quando fomos chamados a construir templos espirituais por meio de evangelismo e discipulado.

Sim, igreja, é hora de acordarmos do nosso coma! O Senhor, nosso marido, está próximo e Ele não ficaria nem um pouco orgulhoso de nos encontrar nesse estado quando voltar.

Paulo disse em 1 Coríntios 7:29-31 (NVI): “O que quero dizer é que o tempo é curto. De agora em diante, aqueles que têm esposa, vivam como se não tivessem; aqueles que choram, como se não chorassem; os que estão felizes, como se não estivessem; os que compram algo, como se nada possuíssem; os que usam as coisas do mundo, como se não as usassem; porque a forma presente deste mundo está passando.”

Paulo não estava convidando os cristãos a abandonar suas esposas ou maridos, ou a deixar seus empregos, mas estava chamando sua atenção para o fato de que o tempo não é mais para distração. Neste momento em que Cristo está à porta, devemos nos dedicar mais do que nunca ao que é essencial, o que é útil para o Reino.

Este é o momento para nos humilharmos diante do Senhor, vestindo pano de saco e cinzas; arrepender-nos de haver escapado de seu chamado, de sua missão, de ter levado vidas “cristãs” egoístas .

Amados, três coisas são agora essenciais e merecem que nos dediquemos inteiramente a elas, nestes tempos e nos tempos por vir:

1. Ore

Aqui, não é uma questão de orar apenas por nossos próprios desejos ou proteção. Pelo contrário, é sobre orações de intercessão.

“Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.” (Efésios 6:18 NVI).

Satanás foi liberado mais do que nunca para arruinar o mundo de todas as formas e enviar o maior número possível de pessoas ao inferno em um tempo muito curto. Precisamos nos levantar e usar todas as armas espirituais para frustrar seus planos malignos. “Pois a nossa luta não é contra seres humanos, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.” (Efésios 6:12 NVI).

  • Oremos por aqueles que estão a caminho da morte, por aqueles que sofrem de doenças e outros males diversos ao nosso redor e em todo o mundo.
  • Oremos pelas autoridades nacionais e internacionais para que sejam submetidas à vontade de Deus e tomem decisões que O glorifiquem, decisões que conduzam à paz, ao bem-estar de todos e principalmente à salvação do máximo. “Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens; pelos reis e por todos que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda piedade e dignidade. Isso é bom e agradável perante Deus, nosso Salvador, que deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade” (1 Timóteo 2:1-4 NVI).
  • Vamos orar pelos cristãos perseguidos em todo o mundo pela causa do Evangelho.
  • Vamos orar, orar novamente, e sempre orar!

2. Edifique na Palavra

É a hora certa de reexaminar nosso relacionamento pessoal com o Senhor, colocar em ordem tudo o que merece ser colocado e tratar tudo o que é patológico em nossa comunhão com Deus.

Em 2 Coríntios 13:5 [1], Paulo apelou aos cristãos de Corinto para que se examinassem, a fim de ver se estavam na fé. Esta chamada também é válida para nós hoje.

Nós somos realmente nascidos de novo? Nossa vida está realmente arraigada em Jesus? Dependemos inteiramente dEle para nossas necessidades? Ele tem controle completo sobre nossas vidas? Seus objetivos são os nossos? Nós nos submetemos à Sua Palavra e a obedecemos? Essas são perguntas que devemos nos fazer hoje em dia.

Devemos nos comprometer a olhar todos os dias a nossa própria face através do espelho da Palavra de Deus, sob o controle de seu Espírito. Devemos buscar mais ouvi-Lo e conhecê-Lo. Isso começa com o estudo e a meditação frequentes da Bíblia. Não deixe passar um dia sem ter ouvido pessoalmente a Deus através da sua Palavra.

Sim, a Palavra de Deus, estudada e meditada sob a iluminação do Espírito Santo, é eficaz em transformar nossas vidas, mudar nossas aspirações e alinhar nossos corações com a perfeita vontade de Deus! “Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração.” (Hebreus 4:12 NVI)

O salmista pergunta: “Como pode o jovem manter pura a sua conduta?”; e ele responde espontaneamente: “Vivendo de acordo com a tua palavra.” (Salmo 119:9 NVI)

O segredo de uma vida cristã que honra o Senhor é permanecer em sua Palavra. O próprio Senhor não disse aos seus crentes: “Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos” (João 8:31 NVI)?

3. Pregue a Palavra

Não devemos nos limitar à edificação e oração pessoais, mas também devemos compartilhar as Boas Novas da Salvação em Jesus Cristo àqueles que ainda não O conhecem.

“Pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina.” (2 Timóteo 4:2 NVI)

Não há tempo favorável para o evangelismo, mas o cristão sabe como usar todas as circunstâncias sabiamente para a causa do Reino.

Como podemos pregar o evangelho nesses tempos?

  • Começa com nossa compaixão pelas almas ao nosso redor, nos exortando a cuidar delas fisicamente, materialmente, emocionalmente e espiritualmente.
  • Podemos fazer uso maciço de tecnologias de informação e comunicação, especialmente a Internet e as redes sociais, para compartilhar o evangelho em todas as suas formas (escrita, audiovisual, áudio).
  • Também podemos distribuir folhetos do evangelho a todos aqueles a quem temos acesso.
  • Acima de tudo, podemos falar diretamente sobre Cristo com as pessoas ao nosso redor, se as condições nos permitirem fazê-lo.

Também é importante apoiar financeiramente e materialmente os missionários que trabalham em todo o mundo, mesmo em áreas de difícil acesso, para a salvação de almas perdidas.

Irmãos e irmãs, gostaria de concluir esta mensagem, convidando-os a levar a sério os acontecimentos desses tempos. Vamos considerá-los como um aviso do Senhor a respeito de seu retorno iminente. E quem sabe se esse é o último?

“Prepare-se para encontrar-se com o seu Deus, ó Israel!” (Amós 4:12b NVI).


Luc Mahougbé Kouwanou
Representante de Área do ICMDA na África Ocidental Francófona

Tradução: Médicos de Cristo

Referências

1. “Examinem-se para ver se vocês estão na fé; provem a vocês mesmos. Não percebem que Cristo Jesus está em vocês? A não ser que tenham sido reprovados!” (2 Coríntios 13:5)

1 Comment

  1. Church of Christ, wake up! – ICMDA Blogs on 3 June 2020 at 10:42 am

    […] En Français, Português […]

Leave a Comment